Estabilização de taludes

Os taludes são superfícies de terreno que formam um ângulo com o plano horizontal de referencia. A estabilidade de taludes é um conceito que faz referencia, por um lado às características geotécnicas da superfície que fazem que esta seja estável ou não, e por outro ao estudo das técnicas para á estabilização dessas superfícies.

A estabilidade de taludes artificiais e naturais tem uma enorme importância devido aos riscos que os escorregamentos ou rupturas de taludes podem gerar para as pessoas e infraestruturas. Existem diversos fatores que afetam á estabilidade dos taludes como a composição e estrutura geológica, a existência ou não de vegetação na superfície e tipo desta, as condições climáticas ou as alterações antropogênica.

Existem distintas técnicas para estabilizar taludes:

  • Superficiais:
    – Implantação de cobertura vegetal
    – Instalação de geomantas ou georedes
    – Revestimento com concreto projetado
    – Drenagem superficial
  • Profundas:
    – Atirantado
    – Drenagem profunda
  • Activas:
    – Atirantado
    – Muros de arrimo
    – Reforços com redes de aço
    – Reforços químicos
  • Pasivas:
    – Barreiras dinâmicas
    – Georedes

O estudo da estabilidade dos taludes e a seleção de técnicas de estabilização apresenta uma grande complexidade e deve ser realizada por espertos na matéria.